Malu engoliu a pílula e tagarelou sem parar rsrsr Exatamente no dia em que fez 1 ano e 7 meses a novidade apareceu. Agora não sáo apenas balbúcios com uma palavra no fim, são frases inteiras e imitação de tudo o que falamos.

A não tão boa novidade é que agora acorda gritando Mamãe, papai!

 

Anúncios

Não dá, definitivamente a cada dente que nasce fica mais difícil se escovar o dente da pequena. A única coisa que a Malu faz é morder a escova com pasta dental. Ai do pediatra se sabe disso, mas…. so sorry. Não imaginava que era tão difícil fazer um bebê abrir a boca a não ser chorando.

Fui checar em fonte segura, minha mãe, e ela me disse que nem lembra de eu ter tido uma escova de dente quando bebê e que era bem provável que ela nem soubesse que tinha que escovar. Se isso me serviu de consolo? E como! Eu e minha irmã aparentemente viemos desprovidas do problema cárie. Ainda bem.

Fiquei pensando nas histórias de bebês que nascem com dentes. Literalmente dois problemas, amamentar e escovar os dois dentinhos de baixo. Ainda tem aquelas mães que deixam o filho virar celebridade quando descobrem esse episódio. Adoro essa ilustração do Pinlândia (blog não indicado para crianças e pessoas sensíveis) sobre o assunto…

Opinião grossa, mal educada e perfeita! rsrsrs

 

 

 

 

 

 

Demos um pulinho em Atibaia para a vovó conhecer o local e a Malu já fez novas amizades 🙂

ai que fofo!!

Depois dessa cena o bichinho ficou pendurado no braço dela de cabeça para baixo. Como eu achei que ele ia se esborrachar no chão não tirei a foto, mas depois a dona disse que ele adora brincar de se pendurar de ponta cabeça. Que pena porque nesse momento eu acabei com a alegria dos dois e arranquei o bichinho de lá na mesma hora!

Mães… :/

Os primeiros desenhos eram só rabiscos mas em 1 mês evoluiram para formas mais arredondadas e uma tentativa de inserção de olhos, bocas e orelhas!

Esse é o peixe!

 

e esse é o gato rsrsrs

Mesa para o chá de bebê da Julia

Fui para o RJ na última semana montar o chá de bebê da minha sobrinha Julia. Prendada como sua mãe é resolvemos fazer tudo muito delicado e no tema que será montado o quarto, flores rosas.

Comecei pela escolha das cores e depois pela busca das peças e materiais para cobrir a parede que era o maior desafio. Em meio a toda correria e dificuldade de logística consegui montar uma linda festa, digna da princesa que vem por aí!

Detalhe dos pirulitos de chocolate

Bisnagas de brigadeiro personalizadas com o monograma da Julia

Cupcakes com monogramas

 

Pompons de papel em cima da mesa

Detalhe pássaro

A mamãe Fabi e o irmão João Pedro

Fabi, Malu e o primo João

 

 

Ontem resolvi separar o que estava se estragando na geladeira, duas maçãs e um pote de passas, para fazer um bolo e convidei a moça abaixo para participar.

 

 

 

 

Olha no que deu? Uma tortinha de maçã bem linda!!!

No final ela disse: “Qué lavá mão!” e foi direto para o banheiro. Posso dizer que essa foi a segunda frase de três palavras que ela disse depois do “Bom dia Bob” 🙂

Agora ela não pode ver ovos que fala… bolo!!!

Vai de carrinho porque a pé cai...

 

Gostei de voltar à Monte Verde, tirando a poeira, as curvas e a falta do que fazer, a cidade evoluiu nos hotéis e locais para se comer.

Sinceramente, não é o melhor lugar para bebês e sim para casais. Afinal, a cada esquina servem fondue, vendem um vinho com queijos  e até arriscam umas bandas nas varandas dos bares mesmo com aquele frio todo. Fora comer, o que mais se tem para fazer na cidade é esporte eco-chato do tipo arborismo, trilhas, passeios à cavalo no meio da rua, enfim, nada contra quem gosta mas esse tipo de coisa não é lá muito meu forte.

Tentativa de baladinha com 8 graus foi rápida

 

Um boneco de "neve" vestido para a festa junina era a atração

Da próxima vez escolho o tradicional pacotão pais com filhos dos hotéis fazenda mesmo. Estou de olho nesse Cabeça de Boi. O nome não é lá essas coisas, a logomarca e o site são assustadores, mas pelo menos tem entretenimento menos radical para bebês.

Dica, a noite faz muito frio mesmo que o dia tenha dado 24 graus. Se prepare para o frio e de preferência não leve o pequeno. O saldo não é muito bom pela madrugada mal dormida.

Valeu a experiência!

No dia 16 de junho levamos a Malu para cortar as primeiras madeixas.

Já conhecia o Fun Hair de passagem e sempre tive curiosidade para ver como era um salão só para crianças. Para minha surpresa, o salão estava lotado e tivemos que marcar horário! Não sei se todo mundo pensou na mesma idéia, levar os filhos para cortar o cabelo depois de tomar a gotinha da campanha, ou se isso é normal.

Mas fiquei impressionada mesmo foi com o atendimento e cuidado que a equipe tem com as crianças. Logo na entrada tinham doces de festa junina, pirulito, máquina de bolinha, para deixar a criança mais a “vontade”. No fundo do salão tem uma brinquedoteca e todo o visual é para crianças. As cadeiras são navezinhas onde elas podem brincar de dirigir enquanto cortam seus cabelos, e logo na sua frente tem uma telinha com dvds à escolha.

A Malu escolheu o Backyardigans enquanto outras crianças maiores jogavam playstation. Devorou um pirulito enquanto esperou o cabeleireiro conversar conosco para decidirmos qual “corte” faríamos nela. Cortou o cabelo numa boa e depois fez um penteado com borboletas. Ficou quietinha até para o papai aprender como se fazia (idéia muito gentil e inteligente do cabeleireiro rsrs)

Enquanto a criança corta o cabelo a mãe pode fazer as unhas, no caso, a vovó rsrsr (olha ela lá no fundo!)

Se preparando para cortar o cabelo

 

E lá se vai a primeira mecha cortada!

Pronto! Corte e penteado completos!

 

No final, se for o primeiro corte da criança, ela tira uma foto e sua primeira mechinha cortada é guardada junto com um certificado do corte! Que meigo!

Saí do salão entendendo porque ficava lotado 🙂

Minha mini fashionista

 

Malu está completando 1 ano e meio com 10 quilinhos e 81 cm! Parabéns Lulu.

 

Entrada do Parque da Xuxa

 

Essa semana ficou cheia por aqui com a visita da Fabi e do João! Fizemos algumas programações e uma delas foi a ida ao Parque da Xuxa. Eles gostaram, apesar de acharmos meio basicão e atrasado em termos de brinquedos para o valor. O parque custa 55,00 a parir de 2 anos até 60. Para menores de 2 é gratuito e pessoas acima de 60 pagam meia entrada.

A partir de 70 cm é possível participar de qualquer brinquedo, e em alguns os pais podem ir. O extraordinário desse parque é o tamanho e localização. Ele é todo coberto e bem grande, tem um Mc Donalds dentro, então para uma excursão de um dia de escola ele cumpre bem o papel.

Acho que realmente falta um local, mesmo que mais simples, em São Paulo para as crianças se divertirem, principalmente as menores. Algo também dentro do shopping, que seja mais barato e realmente compensador para várias idades.

Categorias