Deixo aqui um singelo e carinhoso feliz dia das mulheres, através das palavras de Cora Coralina, a todas as mães que visitam esse blog e aqui deixam suas experiências, dúvidas e alegrias!

“Não sei se a vida é curta ou longa para nós, mas sei que nada do que vivemos tem sentido, se não tocarmos o coração das pessoas. Muitas vezes basta ser: colo que acolhe, braço que envolve, palavra que conforta, silencio que respeita, alegria que contagia, lágrima que corre, olhar que acaricia, desejo que sacia, amor que promove.

E isso não é coisa de outro mundo, é o que dá sentido à vida. É o que faz com que ela não seja nem curta, nem longa demais, mas que seja intensa, verdadeira, pura enquanto durar. Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina.”

Cora Coralina

 

 

 

 

Malu está com 2 anos e 3 meses e o pediatra pediu que começasse o desfralde. Eu fiquei apavorada porque a criança faz 2 anos e o redor começa a mudar. Os dentistas dizem que tem que tirar chupeta, o pediatra a fralda e a mamadeira.

De uma hora para outra não devemos mais dar a mamadeira no nosso colo, deixar dormir no berço e outras coisas que já estamos 2 anos adaptados. Acredito que pior que a adaptação dos filhos é a da mãe.

Confesso que entrei numa pequena crise quando percebi através dessas “imposições” que a minha filha estava crescendo. Foi duro, ou melhor, está sendo. Decidi por mim e com a ajuda da minha irmã que já tem dois que vou fazer aos poucos.

Tirarei primeiro a fralda, depois a mamadeira e por fim a chupeta. E vou deixar para fazer isso entre 2 e 3 anos apesar da vontade de tanta gente em volta. Assim vai ser melhor para nós duas.

Comecei então o desfralde junto com a parceira da escola. Tive sorte pois no primeiro dia ela já foi para o vaso com o adaptador, depois de 3 dias ela já avisa quando quer fazer xixi, mesmo que já esteja nesse momento fazendo, porém quando corremos para o vaso ela espera sair dele, dá 5 minutos e faz nas calças. É um tanto frustante porque você sabe que vai acontecer, mas em hipótese nenhuma podemos fazer cara de desaprovação ou reclamar, segundo os entendidos.

Na escola me disseram que ela fez xixi no vaso no primeiro dia, no segundo fez todos nas calças. Disseram, e também li sobre o assunto, que é normal que seja dessa forma. Até as crianças mais adiantadas tem deslizes.

Na escola me disseram que a média das crianças para o desfralde é de 3 a 4 semanas. Essa é uma informação e tanto.

Ao mesmo tempo que é tenso ver um filho crescer é gostoso acompanhar sua evolução. Ela fica bem triste quando faz no chão, meio desapontada com ela mesma, mas quando senta no vaso e fica lá um tempo e dissemos parabéns, fica bem orgulhosa.

Nosso momento desfralde está só começando, mas em breve deixo mais relatos e a nossa experiência, que por sinal com certeza será bem diferente de outras.

Esse foi o texto que li http://vilamulher.terra.com.br/como-desfraldar-meninas-9-2990704-65835-pfi-anunes.php

e esse outro é orientado para desfralde de meninos: http://brasil.babycenter.com/toddler/tirar-fralda/meninos/

Boa sorte para todas as mães e pais nessa fase!

 

 

 

 

Malu já fala bastante e nos surpreende a cada dia  com suas tiradas. A gente já “conversa” e é uma delícia andar de carro com ela papeando. Ela pede para cantar, conta história que ainda não consigo traduzir, mas principalmente, pede meu celular para jogar seus jogos.

Aliás, em breve terei de comprar um novo para mim porque o que tenho já está dominado pelos jogos dela e a todo instante que pego está com a bateria arriada porque ela abre todos, absolutamente todos os programas que acha interessante, isto é, os que tem um ícone mais chamativo!

Ela já consegue escolher o que quer, já sabe quais são os botões de play e back, play again. Passa as fotos com o dedinho bem ligeiro e liga a câmera para tirar fotos. Gosta mais do que imitam sua voz e repetem o que fala. Conversa com eles e espera que respondam.

Ela também está na fase do “É meu” , “É minha” , “Não”… Acabou de entender que não precisa dar um brinquedo para outro amiguinho quando esse toma da mão dela, está se defendendo melhor também com as palavras e com o corpo.

Já desenha os olhos, cabeça, nariz, boca, pernas e braços dos personagens. Sabe desenhar bem um peixe, nuvem com chuva, e alguns bichinhos. Uma coisa que me chamou bastante atenção é a forma como epga no lápis bem direito e forte. Tem bastante personalizade e pé no chão, traça o braço dos desenhos de uma ponta a outra do papel e faz o chão uando desenha a árvore e outros animais. Também me interessei em ver que ela completa espaços que ficam vazios em contornos dos desenhos e liga um ao outro como um dia a ensinei a fazer.

Tem algumas frases que ficaram na cabeça como a que ela disse em nossas férias de Carnaval em Palmas quando ouviu o Grilo pela primeira vez. Ela perguntou:  “O que é isso mamãe?” e eu respondi: – “É um grilo filha!”. No dia seguinte passando de bicicleta no mesmo lugar ela disse: “Ouviu isso mamãe? O grilo”!

Outra foi na volta da viagem quando viu uma imagem de beija flor. Ela perguntou o que era e eu disse que era um beija flor. Então ela demorou um intante e perguntou: “Ele é parecido com flor mamãe?” E eu disse: – “Não filha, aquele bico grande serve para beijar a flor e por isso tem esse nome!”. Então ela se acalmou!

Usa o não para tudo em seu repertório:

Precisa termômetro não, Não quero não, Não tá quente não (nesse caso se quer comer logo que a comida chega à mesa), etc…

Tá bem esperta e continua sorridente para as pessoas! Esse mês teve sua primeira férias na praia, “A praia da piscina”como disse, porque compramos uma piscina bem grande para ela e a levamos todos os dias para a praia, mas ela quis mesmo foi se aproximar da água do mar e fazer castelinho na areia, contrariando o esforço do papai em manter a piscina.

 

Pintar, inclusive o chão e as paredes.

Contar até 10 e já sei falar o A E I O U

Falar no telefone, tirar foto e jogar. Já mexo no Iphone como gente grande.

Sorrir, apesar de ainda faltarem 2 dentes de trás.

Fazer amizade.

colocar um vestido ou sapato e dizer que sou princesa.

Falar NÀO para o que não quero e É MEU/MINHA para tudo que acho que realmente seja meu.

Festa com pula pula, mas pular no sofá de casa também pode ser muito legal.

Praia! Em especial da casa da vovó.

Macarrão, couve flor, ovo mexido, brócolis, feijão, carninha, banana, chocolate, e principalmente jujuba.

Massinha e bolinha de sabão, mas ainda como tudo.

Pedras!!!

Flores, tomar banho de banheira, cor vermelha e andar de bicicleta.

Sou pequena, mas tenho muita personalide!

 

Esta menina tão pequenina
quer ser bailarina.

Não conhece nem dó nem ré
mas sabe ficar na ponta do pé.

Não conhece nem mi nem fá
mas inclina o corpo para cá e para lá.

Não conhece nem lá nem si,
mas fecha os olhos e sorri.

Roda, roda, roda, com os bracinhos no ar
e não fica tonta nem sai do lugar.

Põe no cabelo uma estrela e um véu
e diz que caiu do céu.

Esta menina
tão pequenina
quer ser bailarina.

Mas depois esquece todas as danças,
e também quer dormir como as outras crianças.

Muita coisa mudou na vidinha da Malu durante esses dois anos. Agora ela já sabe se comunicar, já demonstra afeto quando quer e até vai para escolinha carregando a mochila.

Fez novas amizades, já sente saudades dos amigos, primos e da vovó. Diz que o Bob é bobo, mas nunca o maltrata e o adora.

Já apanhou de uma amiguinha na escola, mas não sabe revidar e nem pretende, pelo visto.

Já nasceram 18 dentinhos, pesa 11 kg e 200 gr, tem 85,2 cm e come bastante. Toma leite de manhã, café na escola, almoço, lanche, janta e janta de novo em casa. Ufa! Como pode?! A mamãe se orgulha!

Já sabe contar até 10 (desde 1 ano e 9 meses) e o a, e, i, o, u. Menina prodígio!

Adora música, correr, se esconder, balanço, dar gritinhos, tocar instrumentos musicais, ouvir histórias, livros para dormir, pintar, brincar e comer massinha, jujuba ou “bububa” como ela fala, pirulito, bolo, brócolis. Brócolis?!

 

Não entra no elevador sem dizer “Oi” para quem quer que seja. Muito educada, já sabe pedir licença quando quer algo e nos ensina a fazer o mesmo.

Adora praia e areia! Puxou a mãe!

Já cortou o cabelo duas vezes, mas as unhas só dormindo.

 

Ainda dorme no berço, mas por pouco tempo porque já aprendeu com o primo João Pedro como sair dele.

Adora carros e os prefere às bonecas. Por visto, eu também sempre concordei que brinquedo de menino é muito mais interessante que uma bonequinha chorona. Rsrs

Tem paixão por roupa, gosta de se arrumar e se ver no espelho. Depois diz que está “princesa”.

Alguém disse para ela que rosa é da mamãe e azul é do papai, então escolheu o vermelho como cor da “Manu” e eu virei a Üniqua”do backyardigans.

Falando neles… ela tem muitos brinquedos, uns falam, uns são bem grandes, mas adora mesmo os backyardigans e os brinquedos bem pequenos. Ainda os carrega para onde vai.

Já bate no peito e diz meu, eu. Já diz sim e não. É confiável, não blefa. Se está com fome, come. Se está com sono, dorme. Se vira e quase já faz sozinha.

Ainda se irrita quando não sabe uma palavra, ou não consegue se comunicar. Aí chora.

Aprendeu a fazer pose!

Odeia que lave sua cabeça e por isso ainda não toma banho no chuveiro, só de banheira.

Descobriu a magia do papai noel e adora tirar foto com ele, a contrário das outras tantas crianças. Os de brinquedo não aguentam mais de tanto dançar e este ano já ficou difícil tirar a já tradicional foto da família na frente da árvore de Natal, porque ela não pára quieta.

Temos momentos maravilhosos juntas, brincando, contando histórias, rindo. Ela cuida de mim e eu dela, e assim é nosso dia a dia.

Te amo filha!

Beijos da mamãe “Uniqua”

Imagem,Imagementendeuadiferença

Mais produção da Design Festeiro. Festa Word World!

Design que criei para a festa da Branca de Neve. Mais fotos no blog Design Festeiro!

 

 

Olá meninada! Como mãe me deparei com um novo mundo de necessidades, e muitas delas com dificuldades de atendimento.

Assim que comecei a fazer festas para Malu e colocar aqui no blog vi que esse espaço tinham algumas lacunas que não preenchiam meus gostos. Foi então que tive iniciativa de criar da minha própria caixola e vi que outras mães deixavam seus comentários elogiando. Como era também um mundo que já gostava e algo que me permite trabalhar de casa com a pequena comecei a pensar e produzir algumas “artes” para a família, amigos, até que agora resolvi transformar esse prazer em atividade. Assim nasceu a Design Festeiro, que como bebêzinho que é ainda tem muito o que se desenvolver mas cresce saudável e bem cuidado🙂

O mais interessante é que aos poucos já estou vendo a necessidade de outras mães também! Pretendo fazer desse espaço um lugar de cooperação. Afinal de contas não é sempre que a gente encontra alguém que nos entende… ufa!!!

Dêem uma passadinha nos canais que estou montando e me digam o que vcs acham… Podem também deixar dicas do que deveria ter na Design Festeiro. Por enquanto, como sou designer, minha proposta é criar lembranças, tags, convites, papelaria em geral para festas, além disso, como festeira tenho um monte de peças, toalhas para alugar, além de trilhões de contatos de ótimos fornecedores. Vou deixando nesses canais as minhas idéias para vcs. Esperam que gostem!!!

 

Blog Design Festeiro

 

Design Festeiro no Elo 7

 

E finalmente no Facebook

 

Beijocas!

Categorias